27/11/2021 às 16h40min - Atualizada em 27/11/2021 às 16h40min

Escola reflete os malefícios das drogas com ajuda da Cendrogas

Projeto “Vida Sem Drogas, Vale a Vida”, desenvolvido pela Unidade Escolar Desembargador Heli Sobral, no bairro Mocambinhio

Assessoria Cendrogas

Desenvolvido há 4 anos pela Unidade Escolar Desembargador Heli Sobral, o Projeto “Vida Sem Drogas, Vale a Vida”, contou com a participação da Coordenadoria de Enfrentamento às Drogas do Piauí (Cendrogas), nesta sexta-feira (26), oferecendo uma palestra sobre os malefícios das Drogas. 

Coordenadora geral da Cendrogas, Cida Santiago 

 

A coordenadora geral da Cendrogas, Cida Santiago, fez a abertura da ação e levou a mensagem da importância de está alertando os jovens sobre as causas e consequências das drogas.

 

“O Governo do Estado através da Cendrogas quer com essas ações desenvolvidas por nossos parceiros, levar os jovens a refletirem para não entrarem no mundo das Drogas. Sabemos que as escolas são espaços de risco, porque existem ofertas na porta da escola. Então estamos aqui para esclarecer e dar a oportunidade para eles dizerem não às Drogas”, ressaltou Cida Santiago.

 

O Instituto Avante de Juventude, parceiro da Coordenadoria, ficou responsável pela palestra que foi ministrada pelo instrutor da entidade, Francelino Carvalho.

 

“Disse para eles que podem ser felizes sem o uso das drogas. Trouxe a importância da família, da educação e da disciplina. Como também os efeitos, causas e consequências do uso da droga dentro do lar e no uso pessoal”, explicou Francelino.

Coordenadora geral da Cendrogas, Cida Santiago junto com equipe da escola

 

Através do Projeto já foi possível alcançar resultados como a diminuição do uso de substâncias psicoativas pelos moradores da região do Mocambinho (bairro onde está localizada a Escola) e também entre os alunos.

 

“No início do Projeto o índice de alunos usuários era bem significativo chegando até a fazer uso dentro da escola mas foi melhorando, graças a Deus. Hoje não existe mais uso de drogas ilícitas dentro da escola”, garante a coordenadora do Projeto, Teresa Nogueira.

 

Os alunos Cauan Nascimento do 3º ano e Jéssica Pereira do 2º ano, foram um dos participantes da palestra que obedeceu todas as medidas para contenção da COVID-19, com o uso de máscaras, álcool em gel e mantendo o distanciamento. Os estudantes agradeceram a iniciativa.

 

“Esta é uma ajuda muito importante, pois pode mudar a nossa cabeça, é um incentivo muito grande”, definiu Cauan. “Essa palestra vai ajudar muito para aqueles que estão no mundo das drogas que viram a realidade do que pode prejudicar na sua saúde, bem como também na vida”, finalizou Jéssica.

Francelino Carvalho do Instituto Avante de Juventude

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp