24/11/2021 às 15h37min - Atualizada em 24/11/2021 às 17h10min

"Serei candidato sim ao Senado em 2022"

O Ex-Secretário de Educação de Teresina, Kléber Montezuma (PSDB - PI) afirma está na disputa por uma vaga ao Senado Federal em 2022.

Kléber Montezuma, Pré - Candidato ao Senado Foto: Etevan Ribeiro

O professor enfatizou porque da escolha pelo Senado. "O Senado permite a discussão de políticas públicas, permite a alocação de recursos para que projetos sejam realizados".

Para o ex-secretário, o Piauí necessita exatamente disso: políticas públicas de verdade, que beneficiem as pessoas, recursos para que os projetos de fato ganhem vida, se transformem em oportunidades, sobretudo, para aqueles que mais precisam e de um setor produtivo aos trabalhadores.

Kléber Montezuma - Apresentação das Propostas do Plano de Governo da Oposição   Foto: Etevan Ribeiro

 

O coordenador da equipe responsável pela elaboração das Propostas do Plano de Governo da oposição fez questão de ressaltar, que será sim candidato, mas, que ainda há uma indefinição no referente ao partido.    

"Temos um quadro indefinido em algumas questões na oposição do Piauí, a gente ainda precisa saber quem será o cabeça  de  chapa".

Kléber Montezuma - PSDB - PI  Foto: Etevan Ribeiro

 

Um outro ponto importante destacado pelo político, que tem até o dia 02 de abril de 2022 para definir sua situação é a fusão do DEM e do PSL, formando o União Brasil, que no Estado, ainda não decidiu-se quem ficará no comando da sigla, além, da possibilidade da "federação entre  Cidadania, PV e PSDB.

Incógnitas a parte, o certo é que Montezuma será candidato ao Senado Federal e pela oposição, independente do nome que virá para governador e vice.

"Tenho sido convidado por alguns partidos, para que eu seja candidato, então sim, devo ser candidato ao Senado em 2022".

A semana para a oposição começou com a apresentação das propostas do plano de governo para as eleições do próximo ano e o pré - candidato também citou sobre o momento "difícil" do PSDB, agudizado pelas prévias internas do partido, que estão suspensas, devido aos problemas no aplicativo contratado para a votação.

Kléber Montezuma; Os Pré-candidatos: Sílvio Mendes e Iracema Portella; George Mendes Foto: Etevan Ribeiro

 

Para o político, as prévias oxigenam o partido, e o PSDB tem dado exemplo ao Brasil com esta iniciativa (que é comum nos EUA e uma novidade no país) e que o problema tecnológico frustrou de certo modo o processo de votação e  levanta uma questão importante.

"Tem muita gente que acha que a tecnologia é infalível e não é, a tecnologia é importante, ela ajuda, agiliza, dá segurança sim, mas, ao mesmo tempo ela pode ter problemas e demonstrou  tê-los".  E espera que "o vencedor das prévias tenha a capacidade de unir todo o partido, caso contrário não terá sequer a chance de fazer campanha".  

              


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp