23/11/2021 às 14h02min - Atualizada em 23/11/2021 às 14h18min

Projeto de maranhense é destaque no Domingão

Raimundo José, que mora no povoado Rampa, município de Vargem Grande, tem a comunicação e a história do quilombo onde mora, como paixão. Ele juntou os dois e criou a TV Quilombo

G1
Foto: Arquivo pessoal

Um projeto nascido no município no povoado Rampa, no município de Vargem Grande, cidade a 172 km de São Luís, foi destaque nacional após ser apresentado no programa "Domingão com Huck", no domingo (21). A TV Quilombo surgiu da paixão de Raimundo José, um jovem maranhense de 28 anos, apaixonado por comunicação e nascido no quilombo.

Com câmeras feitas em papelão, tripés e drones feitos com bambu e outros materiais improvisados, o jovem apresenta a rotina da comunidade que resiste no interior do Maranhão.

Ao g1, o jovem afirmou que ficou emocionado ao ver a iniciativa sendo apresentada em rede nacional pelo apresentador Luciano Huck.

"Uma emoção que não é só minha, mas de um quilombo inteiro. Uma emoção compartilhada com tantas pretas e pretos espalhados em nosso país, ver nosso papelão passando em rede nacional foi algo inexplicável e que vamos levar pra toda vida, a certeza que toda luta vale a pena", disse.

TV Quilombo

A TV Quilombo começou em 2017 a partir de uma brincadeira. Raimundo José fundou na TV por conta da sua paixão pela comunicação. Sem recursos para adquirir equipamentos para transmissão, o jovem improvisou microfones feitos de graveto, câmeras de papelão e um tripé de bambu.

As reportagens feitas pelo jovem e a comunidade, mostram a rotina do quilombo Rampa, exaltam as tradições culturais e história do quilombo, que possui 203 anos de fundação e é um dos mais importantes do Maranhão.

"Foi uma grande brincadeira no campo com meu primo. Eu pego o graveto e um cipó, a gente fez umas gravações, mas não foi para o ar porque não tínhamos internet e o celular era bem ruim. E uma semana depois, ele fez a câmera de papelão e foi amor à primeira vista", explicou.

O sucesso da TV Quilombo saiu dos limites da área do quilombo e ganhou as redes sociais. O perfil já conta com mais de 36 mil seguidores.

A paixão pela comunicação é tanta, que há seis meses, Raimundo José fundou a rádio Quilombo 105.9 FM. E o sonho dele, é aumentar ainda mais o alcance da TV Quilombo com a construção de um centro cultural anexado à rádio e TV.

"A gente já tinha bem focado na nossa mente o que a gente queria, que era fazer filmagens da comunidade, mostrar a realidade, o dia a dia, a ida para a roça. Então isso foi ganhando a comunidade, então pessoas que não queriam dar entrevista, alguns anos depois já chamam a gente", disse Raimundo.

Quilombo Rampa

O quilombo Rampa foi fundado por 20 famílias vindas de Angola em 1818, exatamente 70 anos antes da abolição da escravatura no Brasil. Atualmente, 500 descendentes destas famílias vivem no local.

As manifestações culturais, vestimentas, culinária e outros traços da cultura deste povo continuam sendo preservadas pela comunidade.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp