21/11/2021 às 12h23min - Atualizada em 21/11/2021 às 12h23min

Professora e intérprete de Libras Valdeny Aragão, celebra o sucesso e a atenção dada ao curso superior de Libras pela UFPI

Em entrevista ao Portal Intopo, Valdeny afirma que percebeu um avanço coletivo da inclusão e o respeito dentro do ambiente acadêmico

In Topo
Foto Reprodução/ Portal InTopo

Docente da Universidade Federal do Piauí, a Professora e intérprete de Libras de Língua Portuguesa Valdeny Aragão, revela que desde 2014 quando o curso começou a funcionar, o Ensino Superior  teve o prazer de ter os primeiros surdos na Universidade.

A intérprete destaca que percebeu um avanço coletivo da inclusão e o respeito dentro do ambiente acadêmico. “Diria que não só os estudantes do curso de Letras Libras, mas, a Universidade inteira ganhou com a presença deles, desde que os surdos entraram na Universidade o próprio setor de acessibilidade começou a rever diversos conceitos e procedimentos visando atender a esse público”.

Valdeny ressalta o valor da oportunidade proporcionada pela Universidade. “Em relação à aprendizagem da Língua de Sinais é o momento de avanço, então, para os nossos acadêmicos é uma excelente oportunidade, ter o oferecimento do curso pela universidade”, completa.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp