26/10/2021 às 09h28min - Atualizada em 26/10/2021 às 09h28min

CPI: em nova versão do relatório, Renan pede indiciamento de Bolsonaro, mais 75 pessoas e duas empresas

Documento será votado nesta terça-feira pela comissão. Em seguida, parecer deverá ser encaminhado à Procuradoria Geral da República.

g1.globo.com
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), protocolou na manhã desta terça-feira (26) a versão final do relatório a ser votado pela comissão. O documento pede o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro, mais 75 pessoas e duas empresas.

Pelo calendário da CPI, o relatório será votado ainda nesta terça e, em seguida, será encaminhado para a Procuradoria Geral da República (PGR), órgão ao qual caberá conduzir as investigações sobre indiciados com foro privilegiado; as investigações sobre pessoas sem foro serão remetidas para a primeira instância do Ministério Público Federal.

Na semana passada, Renan Calheiros leu a versão do relatório que pedia o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro, de filhos do presidente, ministros e ex-ministros, além de duas empresas.

 

Aguarde mais informações. Esta reportagem está em atualização.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp