20/07/2022 às 15h42min - Atualizada em 20/07/2022 às 15h42min

Diretor da Caixa encontrado morto era piauiense e do setor que denunciou Pedro Guimarães

Sérgio Ricardo Faustino Batista era de Teresina e foi encontrado morto na sede do banco, em Brasília.

Fonte: piauihoje.com
Foto: Reprodução





 

Sérgio Ricardo Faustino Batista, 54 anos, diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, que foi encontrado morto na noite de terça-feira (19), no edifício-sede do banco, em Brasília, é natural de Teresina, capital do Piauí. 

O piauiense ingressou no banco em 1989 por meio de aprovação em concurso público. Economista por formação, ele tinha mais de 25 anos de experiência de na área de Controles Internos e Risco. Em março deste ano, ele assumiu a diretoria de Controles Internos e Integridade da Caixa em março deste ano.  

O diretor do DECOI continuou no cargo mesmo após a demissão de Pedro Guimarães. Antes de iniciar o cargo mais recente, Sérgio havia feito parte da equipe que assessorava o gabinete de Guimarães. 

Diretor da Caixa é encontrado morto na sede do banco em Brasília

Sérgio era graduado em Economia na Universidade Católica de Brasília, com conclusão em 1999. MBA Executivo em Finanças pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC), pós-graduado em Estatística Aplicada pela Universidade de Brasília (UNB) e foi mestre em Economia pela Universidade Católica de Brasília.

Sérgio foi encontrado morto na parte externa do prédio da Caixa por vigilantes de plantão. A Polícia Federal foi acionada e as informações preliminares da investigação indicam que o caso trata-se de suicídio.

Sérgio Faustino Batista tinha relação direta com o recente escândalo sexual que ocorreu na Caixa Econômica, em que o agora ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, foi denunciado por assediar sexualmente funcionárias do banco.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp