07/10/2021 às 08h54min - Atualizada em 07/10/2021 às 08h54min

Joice deixa PSL e se filia ao PSDB nesta quinta (7), durante evento em SP

Cerimônia contará com a presença do governador João Doria, que também faz parte da sigla

ig.com.br
Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados

A  deputada federal Joice Hasselmann vai deixar o PSL e se filiará ao PSDB na tarde desta quinta-feira (7), em um evento na cidade de São Paulo, que contará com a presença do governador João Doria. A cerimônia está agendada para as 13h30.

Hasselmann se filiou ao PSL em 2018, mas vem tecendo críticas à sigla recentemente. "Vendo o partido entregue de novo aos bolsonaristas, temos Bia Kicis na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania), é surreal uma coisa dessas. Entrei no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para pedir desfiliação por justa causa, não me representa mais", afirmou em entrevista ao portal UOL .

Os comentários negativos também se devem ao fato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ter feito parte da legenda, e deixado o partido em 2019. De acordo com ela, "Bolsonaro saiu do partido, mas o partido não saiu do Bolsonaro".

A parlamentar disse que o presidente vive uma "constante tentativa de golpe", e que isso a colocava em "rota de colisão" com Bolsonaro , "a ponto de, dentro do Palácio, já se falar nisso", disse ela, afirmando que saiu do governo por não conseguir "continuar compactuando" com o mandatário.

A  deputada federal Joice Hasselmann vai deixar o PSL e se filiará ao PSDB na tarde desta quinta-feira (7), em um evento na cidade de São Paulo, que contará com a presença do governador João Doria. A cerimônia está agendada para as 13h30.

Hasselmann se filiou ao PSL em 2018, mas vem tecendo críticas à sigla recentemente. "Vendo o partido entregue de novo aos bolsonaristas, temos Bia Kicis na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania), é surreal uma coisa dessas. Entrei no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para pedir desfiliação por justa causa, não me representa mais", afirmou em entrevista ao portal UOL .

Os comentários negativos também se devem ao fato do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ter feito parte da legenda, e deixado o partido em 2019. De acordo com ela, "Bolsonaro saiu do partido, mas o partido não saiu do Bolsonaro".

A parlamentar disse que o presidente vive uma "constante tentativa de golpe", e que isso a colocava em "rota de colisão" com Bolsonaro , "a ponto de, dentro do Palácio, já se falar nisso", disse ela, afirmando que saiu do governo por não conseguir "continuar compactuando" com o mandatário.

Além do chefe do Executivo, Hasselmann também travou embate com o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Quando ele anunciou ter testado positivo para a Covid-19 após voltar de Nova Iorque (EUA), para a Assembleia Geral da ONU , ela lembrou o que ele disse a ela quando esteve na mesma situação, em junho de 2020.

"Eduardo Bolsonaro está com covid. Quando peguei a doença ano passado, Eduardo fez um tuíte asqueroso me comparando a um porco. Eu jamais o compararia a nenhum animal, pois nenhum ser é tão abjeto quanto ele. Desejo pronta recuperação e que viva muito para pagar pelos seus crimes", escreveu a deputada no Twitter.

À época, após a Joice ter divulgado que contraiu Covid-19, o  filho do presidente escreveu em suas redes sociais que "não sabia que coronavírus dava em porco também". 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp