30/09/2021 às 11h38min - Atualizada em 30/09/2021 às 11h38min

A Pandemia fez com que cultura no Piauí se reinventasse

Piauí inicia de forma gradual o retorno das atividades culturais no estado

Foto: Gustavo Marques/Intopo

O Secretário de Cultura do Estado do Piauí, deputado Fábio Novo, durante entrevista ao portal Intopo, relata que durante a pandemia a cultura no estado teve que se reinventar e que contou com a ajuda do poder público, “tivemos recursos extras que vieram da Lei Aldir Blanc, lei estadual de incentivo a cultura e ainda contamos com a sensibilidade do Governador Wellington Dias para que os recursos fossem dobrados”

De acordo com Fábio Novo, no estado já existem mais de 1400 ações culturais, que vão de auxílios, caches, produções de vídeos, produção de músicas, lives e afirma que muitas pessoas continuaram trabalhando mesmo sem as aglomerações.

Para o secretário, a população está ansiosa pelo retorno das atividades presenciais, das aglomerações, mas é preciso que se tenha os cuidados necessários antes desse retorno completo.

O ideal é reabrir quando estivermos com um patamar de 80% da população vacinada com, pelo menos, a primeira dose da vacina e também uma maior quantidade de vacinados com a segunda dose, mas ainda temos um caminho a percorrer para um retorno completo e seguro”

O Secretário chama atenção que as atividades culturais presenciais já estão aos pouco sendo retomada, como foi o caso do aniversário do Teatro 4 de Setembro que teve público de até 100 pessoas e que no mês de outubro pretende estimular a volta do projeto Seis e Meia, mesmo que com o público ainda reduzido e continuar utilizando as ferramentas do período da pandemia que são as redes sociais um evento híbrido, presença física e a virtual.

Continuamos fazendo obras para fortalecer a rede de cultura do Estado, como cadeias que estão sendo transformadas em espaços de cultura, estamos ressignificando a velha cadeia dos municípios de Avelino Lopes e Eliseu Martins, estamos em andamento com o teatro de Picos que já está com mais de 60% das obras concluídas, planejando as voltas dos festivais para o ano de 2022 (Festival de Inverno de Pedro II, Festival da Rabecas, Ópera da Serra da Capivara) tudo está sendo planejado e pactuado”, afirma.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp