24/03/2022 às 18h00min - Atualizada em 24/03/2022 às 18h00min

Uespi e Piauí Conectado inauguram laboratórios na área de telecomunicação

O Complexo de Telecomunicações funcionará junto ao Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações da Uespi

Redação
Divulgação


Diante da rápida expansão da rede de fibra óptica no Piauí, o Estado necessita cada vez mais de profissionais qualificados para atuar no setor de telecomunicações. Com o objetivo de gerar mais oportunidades e suprir essa demanda do mercado, a Universidade Estadual do Piauí (Uespi) e a PPP Piauí Conectado entregaram, nesta quarta-feira (23), o Complexo de Telecomunicações (CTEL). O espaço funciona dentro do Núcleo de Formação e Pesquisa em Energias Renováveis e Telecomunicações da Universidade.

A Piauí Conectado foi a responsável pela estruturação das redes lógica e elétrica e contribuiu com a doação de uma série de equipamentos que auxiliarão os alunos do curso de Engenharia Elétrica nas práticas em laboratório. A concessionária também intermediou parcerias com grandes empresas no segmento de tecnologia, como a Cisco, Nexa, ZTE e Multilaser, que fornecerão equipamentos como switches, ONUs e OLTs. Os representantes da Nexa, Gustavo Bastos e Luciano Barcellos vieram ao Piauí para participar do evento.

Em seu discurso durante a solenidade, o presidente da Globaltask, Edson Ribeiro, destacou que a construção do Complexo é um trabalho de responsabilidade social, que traz novas oportunidades para centenas de alunos e ex-alunos da Uespi. “Cada metro quadrado dessa maravilhosa estrutura que hoje estamos entregando tem um pouco de tudo que acreditamos e temos feito, para levar esse Estado a um outro patamar de desenvolvimento, nos quais os sonhos das pessoas possam virar realidade, por meio do acesso ao conhecimento, à inovação e a novas oportunidades”, afirmou.

Os cursos oferecidos no CTEL vão preparar os profissionais formados em engenharia elétrica para atuação no mercado de trabalho, nas atividades de planejamento, projeto, supervisão, implantação, operação e manutenção de Sistemas de Telecomunicações.

Estudante do 7° período do curso de Engenharia Elétrica na Uespi, Hizadora Silva Lima, conta que é uma satisfação imensa poder usufruir do espaço e lembra o importante papel que a internet teve durante o período mais crítico da pandemia. “A pandemia da Covid-19 evidenciou a necessidade que a sociedade tem dos recursos oferecidos pela telecomunicação, visto que foram desenvolvidas diversas atividades remotas. Por isso, é uma satisfação imensa poder desfrutar desse espaço, que tem o objetivo de formar profissionais devidamente habilitados para exercer funções nessa área. Só tenho realmente a agradecer por esta oportunidade de desenvolver atividades no ramo de telecomunicações”, relata.

O diretor-presidente da Piauí Conectado, Emerson Silva, aponta a importância de investir em capacitações profissionais na área de telecomunicações para a transformação da realidade socioeconômica do estado. “A rede de fibra óptica que estamos construindo por meio do Projeto Piauí Conectado contribui para o crescimento do mercado de telecom na região e, como consequência, gera novas oportunidades de trabalho no setor. Por isso, estamos investindo na capacitação de profissionais que possam atender a essa demanda que deve crescer ainda mais”, destaca.

Segundo o diretor de Operações da Piauí Conectado, Leonardo Chagas, com a construção dos laboratórios o curso de Engenharia Elétrica passará a contar com a disciplina de Telecomunicações. “A partir de agora, os alunos que se formarem em Engenharia Elétrica também estarão habilitados para exercer a função de Engenheiro de Telecomunicações, conforme o artigo 9° do Confea. Este é o primeiro passo para que a Uespi possa, futuramente, oferecer uma graduação em Engenharia de Telecomunicações”, explica.

Por meio de convênio assinado com a Uespi, a Piauí Conectado também colabora com o Programa de Extensão e Formação em Tecnologias e Sistema de Telecomunicações, com a oferta de dez cursos na área de telecomunicação.

O reitor da Uespi, Evandro Alberto de Sousa, finalizou a cerimônia de inauguração agradecendo o apoio de todos os parceiros envolvidos na construção do CTEL: “Pouquíssimas empresas têm o que nós temos aqui dentro da Universidade Estadual do Piauí. A Uespi tem a capacidade de formar profissionais com qualidade para atender esse mercado pujante que transforma hoje o Brasil”, afirma. O reitor reforçou ainda a importância do trabalho da Piauí Conectado para o desenvolvimento do ensino superior no Estado e citou os pontos de acesso à internet banda larga de alta qualidade instalados pela PPP para uso livre da comunidade acadêmica nos campi da Uespi espalhados por todo o Piauí.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp