31/01/2022 às 09h11min - Atualizada em 31/01/2022 às 09h11min

Gastos de cartões corporativos de Bolsonaro ultrapassam de Dilma e Temer

Bolsonaro gastou R$ 29,6 milhões com cartões corporativos, 18,8% mais do que os R$ 24,9 milhões consumidos ao longo dos quatro anos de Dilma e Temer

Isto é
De acordo com levantamento feito pelo O Globo e divulgado em reportagem neste domingo (30), em apenas três anos, os gastos com cartões corporativos do presidente Jair Messias Bolsonaro ultrapassam os gastos de quatro anos da gestão anterior, dividida entre Dilma e Temer.
 

Bolsonaro gastou R$ 29,6 milhões com cartões corporativos, 18,8% mais do que os R$ 24,9 milhões consumidos ao longo dos quatro anos de Dilma e Temer. Em 2021 apenas, as despesas de Bolsonaro chegaram a R$ 11,8 milhões, o maior valor dos últimos sete anos.

No mês passado, as compras dos cartões exclusivos da família do presidente acumularam gastos que chegam à R$ 1,5 milhão. Esse valor é o mais alto, para um único mês, em todo o período do governo Bolsonaro até agora. O presidente passou parte de dezembro de férias no Sul do Brasil.

Segundo a reportagem, os números, corrigidos pela inflação, estão relacionados aos 29 cartões corporativos vinculados à Secretaria de Administração da Presidência da República, todos de responsabilidade do presidente, familiares e auxiliares próximos. De acordo com o Palácio do Planalto, dois cartões ficam em posse de Bolsonaro.

As informações de como foram gastos os valores são mantidas em sigilo pelo Governo.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp