24/01/2022 às 17h03min - Atualizada em 24/01/2022 às 17h03min

Gabriel Medina está fora das primeiras etapas do Mundial para cuidar da saúde mental

Atual campeão mundial não viajou para abertura da temporada no Havaí; ele não vai disputar Pipeline e Sunset

Redação
O Globo
Gabriel Medina: tricampeão mundial optou por não competir em Pipeline, na abertura do tour  Miriam Jeske/COB
A participação de Gabriel Medina no circuito mundial de surfe desta temporada é incerta. O surfista brasileiro de 28 anos não viajou para o Havaí e não vai competir no evento de Pipeline, que abre o tour da World Surf League (WSL) a partir do dia 29, e nem em Sunset, que vem na sequência, de 11 a 23 de fevereiro. Citando  uma "montanha  russa de emoções" no ano passado, Medina diz que vai priorizar sua saúde mental. Em seu lugar vai competir o brasileiro Caio Ibelli.

"Essa foi uma decisão difícil, acredito que uma das mais difíceis que já tomei. Eu vou me ausentar das primeiras etapas de 2022. Por mais que eu queira estar na água surfando e competindo, eu não estou bem física e emocionalmente para isso", disse em nota.

Tricampeão mundial (2014, 2018 e 2021), Medina ainda avalia se vai disputar outras etapas do circuito da WSL. Até o momento, o nome de Medina aparece na chave de baterias da primeira etapa, em Pipeline, no Havaí, que começa no próximo dia 29. A etapa brasileira será disputada em Saquarema, de 23 a 30 de junho.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp