16/09/2021 às 14h38min - Atualizada em 16/09/2021 às 14h38min

Servidores públicos municipais protestam em frente à Prefeitura de Parnaíba

Os trabalhadores do município reivindicam melhores condições de trabalho e se manifestam contra a PEC 32

G1
Foto: Divulgação/Sindserm

Servidores públicos municipais da saúde realizaram um protesto na manhã desta quinta-feira (16), em frente à Prefeitura de Parnaíba, no Litoral do Piauí.

 

Segundo o Sindicato da categoria no município (Sindserm), enfermeiros manifestam-se contra o corte de gratificação dada a profissionais que atuam no enfrentamento à Covid-19.

 

Entre as reivindicações também estão a aplicação imediata da lei nº 6560, de 2014, que garante avanço salarial das categorias por meio do Plano de Cargos e Carreiras, e o fim da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32, que prevê mudanças nos direitos dos servidores.

 

Dentre os trabalhadores que reivindicam melhores condições de trabalho e se manifestam contra a PEC 32, estão Guardas patrimoniais, funcionários da Secretaria de Educação e enfermeiros.

 

A medida ainda não tem prazo para ser colocada em votação na Câmara, mas já foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

 

Na última terça-feira (14), guardas patrimoniais também estiveram em frente à Prefeitura da cidade, para denunciar o atraso no pagamento do adicional de periculosidade, previsto na legislação trabalhista.

 

"O adicional de periculosidade está garantido no estatuto do servidor e não está sendo pago, os trabalhadores também pedem por mais segurança e proteção na cidade", informou o presidente do Sindserm, Leandro Lopes.

 

Nesta quinta-feira (15), um grupo de funcionários da Secretaria de Educação protestou em frente ao local, pela implementação do Plano de Cargos e Carreiras, e contra o retorno das aulas presenciais municipais, previstas para o dia 20 de setembro.

Foto: Divulgação/Sindserm

Foto: Divulgação/Sindserm

Foto: Divulgação/Sindserm

 

Segundo eles, as escolas não possuem condições sanitárias adequadas para cumprir as orientações de combate à disseminação da Covid-19, da Organização Mundial de Saúde e Vigilância Sanitária.

 

Uma reunião entre funcionários, representantes do Sindserm e o secretário de gestão da Prefeitura de Parnaíba, João Alberto Teles, aconteceu na quinta (15). No entanto, nenhum acordo foi firmado e novas manifestações estão previstas para os próximos dias.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp