19/01/2022 às 16h24min - Atualizada em 19/01/2022 às 16h24min

Rússia e Ucrânia podem entrar em guerra ‘a qualquer momento’, diz Casa Branca

A afirmação partiu da porta-voz do governo dos Estados Unidos, Jen Psaki, que disse em sua coletiva de imprensa diária que, neste cenário, “nenhuma opção está fora da mesa” para os EUA caso a Rússia decida invadir o território ucraniano.

Yahoo Notícias

A Casa Branca afirmou, nesta terça-feira (18), que a Rússia está em condições de lançar um ataque armado contra a Ucrânia “a qualquer momento” e alertou que a situação atual é “extremamente perigosa”. 

A afirmação partiu da porta-voz do governo dos Estados Unidos, Jen Psaki, que disse em sua coletiva de imprensa diária que, neste cenário, “nenhuma opção está fora da mesa” para os EUA caso a Rússia decida invadir o território ucraniano
 

Psaki assegurou que o governo americano tem informações que indicam que a Rússia está se preparando para evacuar famílias de sua embaixada na Ucrânia e vem fazendo isso desde o final de dezembro.

Imagens que mostram o deslocamento de tanques e caminhões de guerra do Exército da Rússia circularam pela internet e apontam que o alerta do governo americano sobre uma possível invasão pode estar correto.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, viajou para Genebra, na Suíça, para reunir-se com o chanceler russo Serguei Lavror na sexta-feira (21) a fim de tentar amenizar a tensão.
 

Vale ressaltar ainda que a Rússia exigiu respostas imediatas, e uma de suas exigências é impedir o avanço da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no leste Europeu.

Os dois representantes conversaram por telefone, e o russo afirmou que Moscou espera por um retorno sobre as demandas apresentadas no hemisfério ocidental. Vale ressaltar que o país teme que a Ucrânia vire uma base militar para forças norte-americanas e europeias.

Para o professor de política comparativa da Universidade Nacional de Kiev, na Ucrânia, Olexiy Haran, a Rússia está apenas em busca de um motivo para iniciar uma guerra. Ele afirmou que as demandas do país são irreais.

Já o especialista Anton Suslov, da Escola de Análise Política de Kiev, disse que os ucranianos estão acostumados a novas tensões por conta dos oito anos de guerra que enfrentaram.

No entanto, ele frisou que os cidadãos estão preocupados com a possibilidade de uma nova tensão adentrar o território.

Petro Burkovsky, especialista da Fundação de Iniciativas Democráticas Ilko Kucheriv acredita que uma invasão russa ao território ucraniano é iminente. O estudioso frisa que o próprio país não nega uma ofensiva, mas que o custo será alto.

Como solução, ele enxerga que o Kremlin deveria acalmar as tensões e admitir que iniciou a guerra de 2014.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp