14/09/2021 às 13h53min - Atualizada em 14/09/2021 às 14h15min

Fiocruz libera 1,7 milhão de doses da vacina AstraZeneca após duas semanas sem distribuição

50 mil doses são para o estado do Rio de Janeiro; o restante vai para o Ministério da Saúde, para fazer a distribuição aos demais estados

G1
Climatempo

Depois de duas semanas sem distribuir vacinas, a Fiocruz volta a distribuir nesta terça-feira (14) novos lotes da do imunizante fabricado pela Oxford -AstraZeneca, totalizando 1,7 milhão de doses.

 

Com a entrega, a Fiocruz totaliza 93,6 milhões de doses de vacinas entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) desde o início da produção.

 

A distribuição desta terça-feira ocorre em duas remessas: uma com 50 mil doses diretamente para o Estado do Rio de Janeiro e outra para o almoxarifado designado pelo Ministério da Saúde, para distribuição aos demais estados. Não há data confirmada para chegada aos postos de saúde.

 

Estão previstas mais entregas da vacina no decorrer da semana, segundo a Fiocruz. A quantidade e as datas serão divulgadas após a conclusão das análises do controle de qualidade.

 

As vacinas entregues esta semana passaram nesta manhã pela última etapa da produção: a de controle de qualidade, segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

 

Sobre a interrupção: A Fiocruz ficou duas semanas sem distribuir as vacinas. A produção das doses da Oxford-AstraZeneca parou por falta de matéria-prima. O ingrediente farmacêutico ativo (IFA) vem da China e não chegou no prazo esperado.

 

De acordo com a nota da Fiocruz, a quantidade de vacinas já entregues e a previsão para este mês de 15 milhões de doses não indicam escassez de vacinas para a aplicação da segunda dose.

 

No entanto, pelo menos nove estados brasileiros chegaram a relatar falta da AstraZeneca para a segunda dose, em alguns municípios: Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Norte, Tocantins, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco e Maranhão.

 

Estados como o Rio de Janeiro e São Paulo chegaram a aplicar a vacina Pfizer para suprir a segunda dose do imunizante da Fiocruz.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp