11/01/2022 às 16h04min - Atualizada em 11/01/2022 às 16h04min

Serra da Capivara está entre os destinos imperdíveis de 2022

Parque foi o único destino brasileiro da lista que é produzido anualmente pelo jornal o The York Times, o jornal de maior destaque dos Estados Unidos

Natália Borges
Foto: Celso Tavares


O jornal norte-americano The New York Times destacou a Serra da Capivara como um dos 52 lugares para viajar pelo mundo em 2022. Localizada da região sul do Piauí, a Serra da Capivara é conhecida pelos achados arqueológicos que revolucionaram os conhecimentos sobre a chegada do homem nas américas.

A publicação destacou a beleza deslumbrante da região, as descobertas arqueológicas feitas na região, os museus e a beleza natural do bioma da região: caatinga, mata-atlântica e floresta amazônica. 

A Serra da Capivara foi reconhecida como Parque Nacional em 1979 e, desde 1986, abriga o Museu do Homem Americano. Em 1991, foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade. 

O Parque Nacional da Serra da Capivara é o maior parque de pinturas rupestres do mundo. O cenário concentra formação de cânions gigantescos que chegam aos 200metros de altura.  O parque possuí 130 mil hectares e mais de 1.200 sítios com arte rupestre, atrai cientista e turistas de todo o mundo. 

Times destacou também, os trabalhos realizados no parque pela equipe da arqueóloga Niède Guidon, presidente da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham), que foram fundamentais para comprovar que os primeiros homens a chegarem na América datam de cerca de 100 mil anos.

“Claro, são as dramáticas mesas e cânions da caatinga do nordeste do Brasil, ou terras arbustivas de cactos, que primeiro chamam a atenção. Mas o que distingue este Parque Nacional de inúmeras outras paisagens brasileiras de tirar o fôlego são os restos arqueológicos e artísticos de humanos antigos que muitos pesquisadores acreditam ter chegado há mais de 20.000 anos”, diz a publicação.



Na publicação ressaltou os trabalhos no sítio e novas áreas preparadas para visitação, a recém-inaugurada escada, com 60 metros e 114 degraus, que permite ao visitante uma visão panorâmica do alto da Chapada Boqueirão Borges, que faz parte da Pedra Furada. 

“A pandemia diminuiu o ritmo, mas não o progresso: novos sítios arqueológicos foram preparados para visitação, novos banheiros para visitantes foram instalados e, mais notavelmente, uma impressionante escada fechada de 60 pés em um penhasco íngreme inaugurada em outubro, permitindo um acesso mais seguro e muito mais rápido aos visitantes”, pontuou Times.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp