02/09/2021 às 17h43min - Atualizada em 02/09/2021 às 17h51min

Anvisa suspende uso e importação de proxalutamida

O medicamento é usado para fins de pesquisa envolvendo seres humanos no país.

Metrópoles
Reprodução: Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu a importação e o uso de produtos contendo proxalutamida para fins de pesquisa envolvendo seres humanos no país.

A suspeita é que as importadoras tenham apresentado documentos inadequados ou falsos para conseguir liberar a importação.

Para Bolsonaro a substância seria a “nova cloroquina”. O medicamento é um bloqueador hormonal desenvolvido na China, usado em testes para tratamento do câncer de próstata.

O órgão regulador ainda determinou que a Gerência-Geral de Inspeção e Fiscalização Sanitária (GGFIS) instaure dossiê de investigação para analisar os produtos que têm a substância em sua composição. O objetivo é “mitigar o risco para os usuários desses produtos”.

Será instaurada uma investigação acerca de “possíveis infrações sanitárias” cometidas pelos importadores da proxalutamida na apresentação de documentos, com o objetivo de “induzir a agência na anuência de importação irregular de medicamentos para uso em humanos”.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://intopo.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp